(PRÉ-VENDA) Cristologia - - livrariavozes
Buscar

Meu Carrinho ()

Finalizar Compra Continuar Comprando

(PRÉ-VENDA) Cristologia -

Jesus de Nazaré foi creditado por Deus com palavras e milagres, com a ressurreição e o dom do Espírito. Sua história, mensagem e destino geraram fé em quem o reconheceu como o Messias de Israel, Salvador do mundo, Senhor da Igreja e do cosmos. A cristologia é a origem histórica, o fundamento permanente e o princípio gerador de todos os outros tratados teológicos. Com ela, a fé, a Igreja e a teologia resistem ou caem. Cristo é o pioneiro e consumador da fé; o fundamento, a forma e o futuro do cristianismo. Ele é a esperança do mundo. Este manual de cristologia, síntese de uma longa vida docente, aborda a cristologia bíblica, histórica e sistemática.

Ver mais informações

Por: R$ 155,00ou X de

Comprar
Adicionar ao carrinho

Calcule o frete e prazo de entrega.

Calcule o valor do frete e prazo de entrega para a sua região

Compartilhe:

Aproveite e Compre Junto

Detalhes do produto

Resumo

Sumário

Ficha técnica

Especificações

SumarioSUMARIO Prefacio, 19 Prologo a primeira edicao, 23 Bibliografia geral, 31 Siglas e abreviacoes, 37 Introducao – O tratado de cristologia, 41 I – O ponto de partida, 43 II – O objeto, 45 III – O lugar, 47 IV – O sujeito, 51 V – O metodo, 56 VI – A divisao da materia, 61 VII – As tarefas primordiais, 63 VIII – As dificuldades atuais, 67 IX – As abordagens e os destinatarios privilegiados, 70 X – Definicao, 72 Primeira parte Historia e destino de Cristo Cristologia biblica Introducao – A norma da origem: fatos, textos, testemunho vivo, 77 Capitulo I – Acao, 81 I – O anuncio do Reino, 82 1 Joao, o Batista, 82 2 O batismo de Jesus, 83 3 A novidade de Jesus, 84 4 Acontecimento critico, 85 5 As promessas e esperancas do AT, 86 6 Basileia: realeza, reino e reinado de Deus, 87 7 Reino chegado, chegando e por chegar, 88 8 O conteudo teologico, escatologico e soteriologico do Reino, 90 9 Os destinatarios, 95 10. A bela aventura de Jesus e as bem-aventurancas, 95 11 Conclusao: Jesus, imagem pessoal do Reino, 96 II – Os milagres, 98 1 Curas e exorcismos, 98 2 Prodigios, potencias, sinais, 99 3 Contexto dos milagres nos evangelhos, 99 4 As questoes de fundo: possibilidade e existencia dos milagres, 101 5 Multipla significacao dos milagres no NT, 104 6 Conclusao: Jesus, medico humilde e taumaturgo poderoso, 106 III – Pretensao de autoridade e titulos de identidade, 108 1 A cristologia implicita como terceira via entre positivismo e ceticismo historicos, 108 2 A cristologia explicita: identificacao perante os apostolos e titulos de majestade, 115 3 Conclusao: Jesus, equivalente dinamico da autoridade de Deus, 122 Capitulo II – Paixao, 123 I – Autoconsciencia de Jesus as vesperas de sua morte, 123 1 Crise da Galileia, 123 2 Entrada no templo, 125 3 Confronto com o povo, 127 4 Ultima ceia, 129 II – A morte de Jesus, 138 1 Contexto do problema, 138 2 As fontes, 141 3 Conexao entre a vida e a morte, 143 4 O fato da morte, 149 5 A forma de sua morte por crucificacao, 153 6 A responsabilidade da condenacao e da morte, 153 7 O sentido de seu morrer, 157 8 Leituras teologicas da morte de Cristo no NT, 162 9 Outras leituras da morte de Cristo, 168 Capitulo III – Glorificacao, 171 A – Os fatos da origem, 172 I – As fontes: fatos e sinais, 173 1 As aparicoes do Ressuscitado: 1Cor 15, 174 2 O tumulo vazio, 179 II – A ressurreicao: historia, apologetica, teologia, 180 B – Contexto, linguagem e conteudo da ressurreicao, 184 I – O contexto: escatologia e apocaliptica, 185 II – A linguagem: constelacoes simbolicas, 186 III – O conteudo, 190 1 Conteudo teologico, 190 2 Conteudo cristologico, 192 3 Conteudo apostolico, 196 4 Conteudo soteriologico, 197 5 Conteudo escatologico, 199 6 Conteudo eclesiologico, 199 C – O acesso atual ao Cristo ressuscitado, 200 I – A partir da Igreja, 200 1 A Eucaristia, 200 2 O seguimento, 202 3 Os existenciais cristaos: fe, esperanca, amor, 203 II – A partir das experiencias humanas fundamentais, 203 III – A ressurreicao: realidade e misterio de Deus para alem da ideia e desejo humano, 207 D – O Ressuscitado: doador do Espirito, revelador do Pai e suscitador da Igreja, 208 I – O Espirito, o Messias, o Filho, 208 II – Jesus impulsionado, transformado e emissor do Espirito, 210 III – Da Pascoa a Trindade, 213 E – Carater escatologico e universalidade salvifica da morte-ressurreicao de Cristo, 218 I – Termo escatologico e universalidade salvifica, 220 II – Explicitacao topografica e cronologica dessa universalidade: subida ao ceu, descida aos infernos, consumacao final da historia em gloria e julgamento, 222 Segunda parte Presenca e interpretacao de Cristo na Igreja Cristologia historica Capitulo IV – A epoca patristica: os concilios cristologicos, 227 I – A compreensao de Cristo na historia, 228 1 A transmissao viva da origem, 229 2 A sucessao apostolica e a mediacao eclesial, 229 3 O triplice corpo e presenca de Cristo no mundo, 231 4 As quatro formas de transmissao cristica, 233 5 Fatores do desenvolvimento no conhecimento de Cristo, 236 6 A presenca de Cristo na Igreja e outras formas de sua presenca no mundo, 237 II – Do NT ao seculo II, 239 1 Os primeiros contextos culturais da cristologia, 239 2 As duas cristologias basicas no NT, 242 3 Os problemas radicais: Theologia (Trindade) e Oikonomia (Encarnacao), 242 4 As primeiras respostas insuficientes: adocionismo, modalismo, subordinacionismo, 244 5 O judeu-cristianismo e a triplice cristologia: profetica, angelica e pneumatica, 246 6 Santo Inacio de Antioquia: Biblia, martirio e mistica, 249 7 Sao Justino: o Logos em pessoa e os logoi dos homens, 252 8 Melitao de Sardes: uma teologia pascal de carater hinico e parenetico, 255 III – Tres modelos de cristologia deficiente e tres grandes teologos, 256 1 Cristo, simples homem em continuidade com o AT (ebionismo), 256 2 Cristo, a alternativa ao Deus do AT (marcionismo), 259 3 Cristo, aparencia-aparicao de Deus no mundo (docetismo- -gnosticismo), 260 4 Irineu: Cristo ou a unidade de Deus, o valor da h
ISBN9786557134399
Dimensoes16.0cm x 23.0cm x 3.5cm
Idiomapor
Edicao1
NrPaginas720

especificação

AutorOlegario Gonzalez de Cardedal,
SUMÁRIO Prefácio, 19 Prólogo à primeira edição, 23 Bibliografia geral, 31 Siglas e abreviações, 37 Introdução – O tratado de cristologia, 41 I – O ponto de partida, 43 II – O objeto, 45 III – O lugar, 47 IV – O sujeito, 51 V – O método, 56 VI – A divisão da matéria, 61 VII – As tarefas primordiais, 63 VIII – As dificuldades atuais, 67 IX – As abordagens e os destinatários privilegiados, 70 X – Definição, 72 Primeira parte História e destino de Cristo Cristologia bíblica Introdução – A norma da origem: fatos, textos, testemunho vivo, 77 Capítulo I – Ação, 81 I – O anúncio do Reino, 82 1 João, o Batista, 82 2 O batismo de Jesus, 83 3 A novidade de Jesus, 84 4 Acontecimento crítico, 85 5 As promessas e esperanças do AT, 86 6 Basileia: realeza, reino e reinado de Deus, 87 7 Reino chegado, chegando e por chegar, 88 8 O conteúdo teológico, escatológico e soteriológico do Reino, 90 9 Os destinatários, 95 10. A bela aventura de Jesus e as bem-aventuranças, 95 11 Conclusão: Jesus, imagem pessoal do Reino, 96 II – Os milagres, 98 1 Curas e exorcismos, 98 2 Prodígios, potências, sinais, 99 3 Contexto dos milagres nos evangelhos, 99 4 As questões de fundo: possibilidade e existência dos milagres, 101 5 Múltipla significação dos milagres no NT, 104 6 Conclusão: Jesus, médico humilde e taumaturgo poderoso, 106 III – Pretensão de autoridade e títulos de identidade, 108 1 A cristologia implícita como terceira via entre positivismo e ceticismo históricos, 108 2 A cristologia explícita: identificação perante os apóstolos e títulos de majestade, 115 3 Conclusão: Jesus, equivalente dinâmico da autoridade de Deus, 122 Capítulo II – Paixão, 123 I – Autoconsciência de Jesus às vésperas de sua morte, 123 1 Crise da Galileia, 123 2 Entrada no templo, 125 3 Confronto com o povo, 127 4 Última ceia, 129 II – A morte de Jesus, 138 1 Contexto do problema, 138 2 As fontes, 141 3 Conexão entre a vida e a morte, 143 4 O fato da morte, 149 5 A forma de sua morte por crucificação, 153 6 A responsabilidade da condenação e da morte, 153 7 O sentido de seu morrer, 157 8 Leituras teológicas da morte de Cristo no NT, 162 9 Outras leituras da morte de Cristo, 168 Capítulo III – Glorificação, 171 A – Os fatos da origem, 172 I – As fontes: fatos e sinais, 173 1 As aparições do Ressuscitado: 1Cor 15, 174 2 O túmulo vazio, 179 II – A ressurreição: história, apologética, teologia, 180 B – Contexto, linguagem e conteúdo da ressurreição, 184 I – O contexto: escatologia e apocalíptica, 185 II – A linguagem: constelações simbólicas, 186 III – O conteúdo, 190 1 Conteúdo teológico, 190 2 Conteúdo cristológico, 192 3 Conteúdo apostólico, 196 4 Conteúdo soteriológico, 197 5 Conteúdo escatológico, 199 6 Conteúdo eclesiológico, 199 C – O acesso atual ao Cristo ressuscitado, 200 I – A partir da Igreja, 200 1 A Eucaristia, 200 2 O seguimento, 202 3 Os existenciais cristãos: fé, esperança, amor, 203 II – A partir das experiências humanas fundamentais, 203 III – A ressurreição: realidade e mistério de Deus para além da ideia e desejo humano, 207 D – O Ressuscitado: doador do Espírito, revelador do Pai e suscitador da Igreja, 208 I – O Espírito, o Messias, o Filho, 208 II – Jesus impulsionado, transformado e emissor do Espírito, 210 III – Da Páscoa à Trindade, 213 E – Caráter escatológico e universalidade salvífica da morte-ressurreição de Cristo, 218 I – Termo escatológico e universalidade salvífica, 220 II – Explicitação topográfica e cronológica dessa universalidade: subida ao céu, descida aos infernos, consumação final da história em glória e julgamento, 222 Segunda parte Presença e interpretação de Cristo na Igreja Cristologia histórica Capítulo IV – A época patrística: os concílios cristológicos, 227 I – A compreensão de Cristo na história, 228 1 A transmissão viva da origem, 229 2 A sucessão apostólica e a mediação eclesial, 229 3 O tríplice corpo e presença de Cristo no mundo, 231 4 As quatro formas de transmissão crística, 233 5 Fatores do desenvolvimento no conhecimento de Cristo, 236 6 A presença de Cristo na Igreja e outras formas de sua presença no mundo, 237 II – Do NT ao século II, 239 1 Os primeiros contextos culturais da cristologia, 239 2 As duas cristologias básicas no NT, 242 3 Os problemas radicais: Theologia (Trindade) e Oikonomia (Encarnação), 242 4 As primeiras respostas insuficientes: adocionismo, modalismo, subordinacionismo, 244 5 O judeu-cristianismo e a tríplice cristologia: profética, angélica e pneumática, 246 6 Santo Inácio de Antioquia: Bíblia, martírio e mística, 249 7 São Justino: o Logos em pessoa e os logói dos homens, 252 8 Melitão de Sardes: uma teologia pascal de caráter hínico e parenético, 255 III – Três modelos de cristologia deficiente e três grandes teólogos, 256 1 Cristo, simples homem em continuidade com o AT (ebionismo), 256 2 Cristo, a alternativa ao Deus do AT (marcionismo), 259 3 Cristo, aparência-aparição de Deus no mundo (docetismo- -gnosticismo), 260 4 Irineu: Cristo ou a unidade de Deus, o valor da h

Avaliações do Produto

Dúvidas dos consumidores

Quem viu, viu também