Buscar

Bom entretenimento

De: R$ 33,00Por: R$ 23,10

Preço a vista: R$ 23,10

Economia de R$ 9,90

Comprar

Calcule o frete e prazo de entrega.

Calcule o valor do frete e prazo de entrega para a sua região

Compartilhe:

Aproveite e Compre Junto

Aproveite e compre junto

bom-entretenimento

Bom entretenimento

+ 9788532649966

Sociedade do cansaço

= Por apenas 2x de R$ 23,07
Valor total: R$ 46,15 Comprando junto você economiza: R$ 13,15

Comprar junto

Veja mais Livros

bom-entretenimento

Bom entretenimento

+ 9788532654717

Sociedade da transparência

= Por apenas 2x de R$ 22,02
Valor total: R$ 44,05 Comprando junto você economiza: R$ 11,05

Comprar junto

Veja mais Livros

bom-entretenimento

Bom entretenimento

+ no-enxame

No enxame

= Por apenas 2x de R$ 22,75
Valor total: R$ 45,50 Comprando junto você economiza: R$ 12,50

Comprar junto

Veja mais Livros

bom-entretenimento

Bom entretenimento

+ 9788532655189

Agonia do Eros

= Por apenas 2x de R$ 21,05
Valor total: R$ 42,10 Comprando junto você economiza: R$ 9,90

Comprar junto

Veja mais Livros

bom-entretenimento

Bom entretenimento

+ 9788532655059

Topologia da violência

= Por apenas 2x de R$ 26,50
Valor total: R$ 53,00 Comprando junto você economiza: R$ 20,00

Comprar junto

Veja mais Livros

bom-entretenimento

Bom entretenimento

+ o-que-e-poder

O que é poder

= Por apenas 2x de R$ 25,25
Valor total: R$ 50,50 Comprando junto você economiza: R$ 17,50

Comprar junto

Veja mais Livros


Detalhes do produto

Especificações

ISBN9788532660466
Dimensoes10.5cm x 18.0cm x 1.0cm
Edicao1
NrPaginas208

especificação

AutorByung-Chul Han
Selo EditorialEditora Vozes
TemasFilosofia, Sociologia
As fronteiras entre “realidade real” e “realidade ficcional”, que marcam o entretenimento, tornam-se cada vez mais fluidas. O entretenimento já abrangeu há muito tempo também a “realidade real”. Ele transforma agora o sistema social como um todo, sem marcar propriamente, porém, a sua presença. Assim, parece se estabelecer um hipersistema, que é coextensivo com o mundo. O código binário entretém/não entretém, que está no seu fundamento, deve decidir o que é passível de pertencer ao mundo e o que não é, ou seja, o que é em geral. O entretenimento se eleva a um novo paradigma, a uma nova fórmula de mundo e de ser. Para ser, para pertencer ao mundo, é preciso ser algo que entretém. Apenas aquilo que entretém é real ou efetivo. Não é mais relevante a distinção entre mundo fictício e mundo real, à qual o conceito de entretenimento de Luhmann ainda se aferra. A própria realidade parece ser um efeito do entretenimento.

SUMÁRIO

Prefácio à nova edição, 7
Prefácio, 9
Doce cruz, 11
Sonhos de borboleta, 40
Sobre o luxo, 62
Satori, 76
Entretenimento moral, 97
Entretenimento saudável, 117
O ser como paixão, 136
Um artista da fome, 170
Serenidade em relação ao mundo, 184
Uma metateoria do entretenimento, 195

Avaliações do Produto

Dúvidas dos consumidores