Buscar

Meu Carrinho ()

Finalizar Compra Continuar Comprando

Invencao da Africa (A)

Adicionar ao carrinho

Calcule o frete e prazo de entrega.

Compartilhe:

Aproveite e Compre Junto

Detalhes do produto

Especificações

SumarioIntroducao, 9
1 O discurso de poder e o conhecimento da alteridade, 17
Estrutura colonizadora e marginalidade, 17
Formacoes discursivas e alteridade, 24
Genese africana, 41
2 Questoes de metodo, 53
A proposicao de Foucault sobre o sujeito que
desaparece, 53
O reino do pensamento selvagem, 59
Uma amplificacao africana, 70
3 O poder da fala, 85
O discurso do missionario e a conversao da Africa, 85
A influencia do antropologo: a etnografia e a politica da
conversao, 115
A panaceia da alteridade, 145
J.P. Sartre como um filosofo africano, 145
Ideologias para a alteridade, 152
Marx africanizado, 159
4 O legado e as questoes de E.W. Blyden, 169
As ambiguidades de uma alternativa ideologica, 169
A personalidade negra como a posicao comum, 200
A economia de um discurso, 217
5 A paciencia da filosofia, 227
Filosofias primitivas, 227
Kagame e a escola etnofilosofica, 242
Aspectos da filosofia africana, 255
Uma critica da etnofilosofia, 256
Fundamentacoes, 267
Horizontes de conhecimento, 289
Conclusao – A geografia de um discurso, 309
Apendice – Fontes etiopes de conhecimento, 331
Referencias, 335
Indice analitico, 387
ISBN8532661769
Dimensoes13.7cm x 21.0cm x 1.8cm
Edicao1
NrPaginas416

especificação

Selo EditorialEditora Vozes
AutorV. Y. Mudimbe
ColecoesAFRICA E OS AFRICANOS
TemasHistória, Antropologia
Este livro traz um panorama da filosofia africana. Num sentido estrito, a nocao de filosofia africana referese a contribuicoes de africanos que praticam a filosofia no quadro definido da disciplina e sua tradicao historica. Neste livro, esse registro mais amplo parece mais apropriado para o conjunto de problemas discutidos, todos baseados numa questao preliminar: ate que ponto podese falar de um conhecimento africano, e em que sentido? Etimologicamente, gnose esta relacionada a gnosko, que significa conhecer em grego antigo. Portanto, o titulo e uma ferramenta metodologica: ele envolve a questao do que e e nao e filosofia africana e tambem orienta o debate para outra direcao ao enfocar as condicoes de possibilidade da filosofia como parte do corpo mais amplo de conhecimento sobre a Africa chamado de africanismo.

Avaliações do Produto

Dúvidas dos consumidores