Sujeição das mulheres (A) - Ed. Bolso - livrariavozes
Buscar

Meu Carrinho ()

Finalizar Compra Continuar Comprando

Sujeição das mulheres (A) - Ed. Bolso

“A subordinação legal das mulheres não foi adotada em primeiro lugar porque a comparação e a experiência de outros arranjos sociais provaram ser isso o melhor para a humanidade. O simples fato físico da força superior dos homens foi convertido em um direito legal e sancionado pela sociedade. Períodos transcorreram antes que os pensadores questionassem a legitimidade da força legalmente aceita. A sujeição das mulheres não repousa hoje em considerações de conveniência social; é a escravidão primitiva que perdura. A única presunção a seu favor, a ser tirada da sua existência, é que ela perdurou até agora.” (Trecho da obra)

Ver mais informações

Por: R$ 45,90

Preço a vista: R$ 45,90

Comprar
Adicionar ao carrinho

Calcule o frete e prazo de entrega.

Calcule o valor do frete e prazo de entrega para a sua região

Compartilhe:

Aproveite e Compre Junto

Detalhes do produto

Resumo

Sumário

Ficha técnica

Especificações

SumarioIntroducao, 7
Elaborada pelo editor em 1905
Capitulo 1, 45
O dominio das mulheres pelos homens e
fundado na forca bruta e no
sentimento impensado.
Capitulo 2, 85
A injustica e os efeitos maleficos da
desigualdade legal no casamento.
Capitulo 3, 114
As funcoes politicas e outras
oportunidades favoraveis a originalidade
intelectual sao monopolizadas pelos homens.
Capitulo 4, 159
Os provaveis beneficios de conceder
as mulheres igualdade de oportunidades
com os homens.
Indice onomastico, 193
ISBN9786557131411
Dimensoes11.0cm x 18.0cm x 1.0cm
Edicao1
NrPaginas248

especificação

AutorJohn Stuart Mill,
Introdução, 7
Elaborada pelo editor em 1905
Capítulo 1, 45
O domínio das mulheres pelos homens é
fundado na força bruta e no
sentimento impensado.
Capítulo 2, 85
A injustiça e os efeitos maléficos da
desigualdade legal no casamento.
Capítulo 3, 114
As funções políticas e outras
oportunidades favoráveis à originalidade
intelectual são monopolizadas pelos homens.
Capítulo 4, 159
Os prováveis benefícios de conceder
às mulheres igualdade de oportunidades
com os homens.
Índice onomástico, 193

Avaliações do Produto

Dúvidas dos consumidores

Quem viu, viu também