Cândido, ou o otimismo - Ed. Bolso - livrariavozes
Buscar

Meu Carrinho ()

Finalizar Compra Continuar Comprando

Cândido, ou o otimismo - Ed. Bolso

Então, voltando-se para ele, disse-lhe: “Meu senhor, pensais, sem dúvida, que tudo é o melhor no mundo físico e no moral, e que nada podia ser de outro jeito?” “Eu, meu senhor”, respondeu-lhe o sábio, “não penso nada disso; acho que tudo vai de través entre nós, que ninguém sabe nem qual é a sua posição, nem qual é o seu cargo, e que exceto o jantar, que é bastante alegre, e onde aparece bastante união, todo o resto do tempo se passa em querelas impertinentes; jansenistas contra molinistas, parlamentares contra eclesiásticos, literatos contra literatos, cortesãos contra cortesãos, financistas contra o povo, mulheres contra maridos, parentes contra parentes; é uma guerra eterna”. (Trecho da obra)

Ver mais informações

De: R$ 34,90Por: R$ 29,66

Preço a vista: R$ 29,66

Economia de R$ 5,24

Comprar
Adicionar ao carrinho

Calcule o frete e prazo de entrega.

Calcule o valor do frete e prazo de entrega para a sua região

Compartilhe:

Aproveite e Compre Junto

Detalhes do produto

Resumo

Sumário

Ficha técnica

Especificações

Sumario1 Como Candido foi criado num belo castelo, e
como foi expulso dele, 7
2 O que Candido se tornou entre os bulgaros, 11
3 Como Candido se salvou dos bulgaros, e o que se
tornou, 19
4 Como Candido encontrou o seu antigo mestre de
filosofia, o Dr. Pangloss, e o que disso adveio, 24
5 Tempestade, naufragio, terremoto, e o que adveio
ao Dr. Pangloss e a Candido e ao anabatista Tiago, 30
6 Como se fez um belo auto de fe para impedir os
terremotos, e como Candido levou uma surra no
traseiro, 35
7 Como uma velha cuidou de Candido, e como ele
reencontrou aquilo de que gostava, 40
8 Historia de Cunegunda, 43
9 O que aconteceu com Cunegunda, com Candido,
com o grande inquisidor e com um judeu, 49
10 Em que aflicao Candido, Cunegunda e a velha
chegam a Cadiz e de seu embarque, 52
11 Historia da velha, 56
12 Continuacao dos infortunios da velha, 61
13 Como Candido foi obrigado a separar-se da bela
Cunegunda e da velha, 67
14 Como Candido e Cacambo foram recebidos
pelos jesuitas do Paraguai, 72
15 Como Candido matou o irmao de sua querida
Cunegunda, 77
16 O que acontece com os dois viajantes, com
duas mocas, dois macacos e os selvagens chamados
Oreillons, 80
17 Chegada de Candido e de seu valete ao pais do
Eldorado, 85
18 O que eles viram no pais do Eldorado, 90
19 O que lhes aconteceu em Suriname, e como
Candido conheceu Martinho, 98
20 O que aconteceu no mar a Candido e a
Martinho, 105
21 Candido e Martinho se aproximam da costa da
Franca e discutem, 110
22 O que aconteceu na Franca a Candido e a
Martinho, 113
23 Candido e Martinho vao para a costa da
Inglaterra, e o que eles veem ali, 128
24 De Paquette e do irmao Giroflee, 132
25 Visita ao Sr. Pococurante, nobre veneziano, 138
26 De um jantar que Candido e Martinho
participaram com seis estrangeiros, e quem eles
eram, 146
27 Viagem de Candido a Constantinopla, 151
28 O que aconteceu a Candido, a Cunegunda,
a Pangloss, a Martinho, etc., 157
29 Como Candido reencontrou Cunegunda e a
velha, 162
30 Conclusao, 165
Ao leitor, 171
ISBN9786557133927
Dimensoes11.0cm x 18.0cm x 0.8cm
Edicao1
NrPaginas176

especificação

AutorVoltaire,
1 Como Cândido foi criado num belo castelo, e
como foi expulso dele, 7
2 O que Cândido se tornou entre os búlgaros, 11
3 Como Cândido se salvou dos búlgaros, e o que se
tornou, 19
4 Como Cândido encontrou o seu antigo mestre de
filosofia, o Dr. Pangloss, e o que disso adveio, 24
5 Tempestade, naufrágio, terremoto, e o que adveio
ao Dr. Pangloss e a Cândido e ao anabatista Tiago, 30
6 Como se fez um belo auto de fé para impedir os
terremotos, e como Cândido levou uma surra no
traseiro, 35
7 Como uma velha cuidou de Cândido, e como ele
reencontrou aquilo de que gostava, 40
8 História de Cunegunda, 43
9 O que aconteceu com Cunegunda, com Cândido,
com o grande inquisidor e com um judeu, 49
10 Em que aflição Cândido, Cunegunda e a velha
chegam a Cádiz e de seu embarque, 52
11 História da velha, 56
12 Continuação dos infortúnios da velha, 61
13 Como Cândido foi obrigado a separar-se da bela
Cunegunda e da velha, 67
14 Como Cândido e Cacambo foram recebidos
pelos jesuítas do Paraguai, 72
15 Como Cândido matou o irmão de sua querida
Cunegunda, 77
16 O que acontece com os dois viajantes, com
duas moças, dois macacos e os selvagens chamados
Oreillons, 80
17 Chegada de Cândido e de seu valete ao país do
Eldorado, 85
18 O que eles viram no país do Eldorado, 90
19 O que lhes aconteceu em Suriname, e como
Cândido conheceu Martinho, 98
20 O que aconteceu no mar a Cândido e a
Martinho, 105
21 Cândido e Martinho se aproximam da costa da
França e discutem, 110
22 O que aconteceu na França a Cândido e a
Martinho, 113
23 Cândido e Martinho vão para a costa da
Inglaterra, e o que eles veem ali, 128
24 De Paquette e do irmão Giroflée, 132
25 Visita ao Sr. Pococurantè, nobre veneziano, 138
26 De um jantar que Cândido e Martinho
participaram com seis estrangeiros, e quem eles
eram, 146
27 Viagem de Cândido a Constantinopla, 151
28 O que aconteceu a Cândido, a Cunegunda,
a Pangloss, a Martinho, etc., 157
29 Como Cândido reencontrou Cunegunda e a
velha, 162
30 Conclusão, 165
Ao leitor, 171

Avaliações do Produto

Dúvidas dos consumidores