Filoteia - Brochura - livrariavozes
Buscar

Meu Carrinho ()

Finalizar Compra Continuar Comprando

Filoteia - Brochura

“Dirijo minhas palavras a Filoteia, porque Filoteia significa uma alma que ama a Deus, e é para essas almas que escrevo. Toda a obra se divide em cinco partes: na primeira esforço-me, por meio de alguns avisos e exercícios, para converter o simples desejo de Filoteia numa resolução decidida, tomada depois da confissão geral, por uma protestação firme e seguida da sagrada comunhão. Esta comunhão, em que ela se entrega inteiramente ao Divino Salvador, enquanto o Salvador se dá a ela, fá-la entrar auspiciosamente no amor divino.” (Trecho da obra)

Ver mais informações

Por: R$ 14,90

Preço a vista: R$ 14,90

Comprar
Adicionar ao carrinho

Calcule o frete e prazo de entrega.

Calcule o valor do frete e prazo de entrega para a sua região

Compartilhe:

Aproveite e Compre Junto

Detalhes do produto

Resumo

Sumário

Ficha técnica

Especificações

SumarioSao Francisco de Sales – Vida, 15
Obras, 18
Prefacio de Sao Francisco de Sales, 23
Oracao dedicatoria, 31
PARTE I
Avisos e exercicios necessarios para
conduzir uma alma, que comeca a sentir os
primeiros desejos da vida devota, ate possuir
uma vontade resoluta e sincera de abraca-la
1. A natureza da devocao, 33
2. Propriedades e excelencia da devocao, 38
3. A devocao e util a todos os estados e
circunstancias da vida, 42
4. Necessidade de um diretor espiritual para
entrar e progredir nos caminhos da devocao, 46
5. Necessidade de comecar pela purificacao da
alma, 50
6. Antes de tudo e necessario que a alma se
purifique dos pecados mortais, 547. Em seguida e necessario purificar a alma de
toda a afeicao ao pecado, 56
8. Como alcancar este grau de pureza, 59
9. Meditacao sobre a criacao do homem, 61
10. Meditacao sobre o fim do homem, 65
11. Meditacao sobre os beneficios de Deus, 69
12. Meditacao sobre os pecados, 73
13. Meditacao sobre a morte, 76
14. Meditacao sobre o ultimo juizo, 80
15. Meditacao sobre o inferno, 83
16. Meditacao sobre o paraiso, 86
17. Meditacao sobre uma alma que delibera a
escolha entre o ceu e o inferno, 90
18. Meditacao para deliberar entre a vida
mundana e a vida devota, 93
19. Espirito necessario para fazer bem a confissao
geral, 98
20. Protestacao da alma a Deus para confirmar-se
numa resolucao inabalavel de servir-lhe e para
concluir os atos de penitencia, 101
21. Conclusao de tudo o que fica dito sobre o
primeiro grau de pureza da alma, 10422. Necessidade de purificar a alma de todos os
afetos ao pecado venial, 106
23. Necessidade de purificar a alma das coisas
inuteis e perigosas, 110
24. Necessidade de purificar a alma mesmo das
imperfeicoes naturais, 112
PARTE II
Diversos avisos para elevar a alma a Deus
por meio da oracao e da recepcao
dos sacramentos
1. A necessidade da oracao, 115
2. Breve metodo de meditacao. Primeiro ponto da
preparacao: por-se na presenca de Deus, 120
3. Segundo ponto da preparacao: a invocacao, 125
4. Terceiro ponto da preparacao: propor-se um
misterio, 126
5. Segunda parte da meditacao: as
consideracoes, 128
6. Terceira parte da meditacao: os afetos e as
resolucoes, 129
7. A conclusao e o ramalhete espiritual, 131
8. Avisos utilissimos acerca da meditacao, 1329. A aridez espiritual na meditacao, 136
10. A oracao da manha, 139
11. A oracao da noite e o exame de consciencia, 141
12. Do recolhimento, 143
13. As aspiracoes ou oracoes jaculatorias e os
bons pensamentos, 148
14. A santa missa e como se deve ouvi-la, 157
15. Outros exercicios publicos e comuns de
devocao, 161
16. Devemos honrar e invocar os santos, 163
17. Como se deve ouvir e ler a Palavra de
Deus, 166
18. Como se devem receber as inspiracoes, 168
19. A santa confissao, 172
20. A comunhao frequente, 178
21. Como se deve comungar, 183
PARTE III
Avisos necessarios para a
pratica das virtudes
1. A escolha das virtudes, 1892. Continuacao das reflexoes necessarias sobre a
escolha das virtudes, 197
3. A paciencia, 204
4. A humildade nas acoes exteriores, 211
5. A humildade interior e a mais perfeita, 216
6. A humildade nos faz amar a nossa propria
abjecao, 225
7. Modo de conservar a reputacao juntamente
com o espirito de humildade, 231
8. A mansidao no trato com o proximo e os
remedios contra a colera, 238
9. A mansidao para conosco, 245
10. Deve-se tratar dos negocios com muito
cuidado, mas sem inquietacao nem ansiedade, 249
11. A obediencia, 253
12. Necessidade da castidade, 257
13. Conselhos para conservar a castidade, 263
14. O espirito de pobreza unido a posse de
riquezas, 266
15. Modo de praticar a pobreza real,
permanecendo na posse das riquezas, 271
16. As riquezas de espirito no estado de
pobreza, 27817. A amizade em geral e suas especies mas, 281
18. As mais perigosas amizades, 284
19. As verdadeiras amizades, 291
20. Diferenca das amizades vas e verdadeiras, 296
21. Avisos e remedios contra as mas amizades, 304
22. Outros avisos sobre as amizades, 306
23. Exercicio de mortificacao exterior, 310
24. A sociedade e a solidao, 319
25. A decencia dos vestidos, 323
26. As conversas e, em primeiro lugar, como se ha
de falar de Deus, 327
27. Honestidade das palavras e respeito que se deve
ao proximo, 329
28. Os juizos temerarios, 332
29. A maledicencia, 341
30. Alguns outros avisos acerca do falar, 350
31. Os divertimentos; em primeiro lugar os
honestos e licitos, 353
32. Os jogos proibidos, 356
33. Os bailes e outros divertimentos permitidos,
mas perigosos, 358
34. Quando se pode jogar ou dancar, 36235. A fidelidade devida a Deus tanto nas coisas
pequenas como nas grandes, 363
36. Devemos ter um espirito justo e razoavel, 368
37. Os desejos, 372
38. Avisos para os casados, 376
39. Da honestidade do leito conjugal, 388
40. Avisos para as viuvas, 395
41. Uma palavra sobre a virgindade, 404
PARTE IV
Avisos necessarios contra
ISBN9786557131992
Dimensoes10.0cm x 13.5cm x 2.5cm
Edicao1
NrPaginas520

especificação

AutorSao Francisco de Sales ,
São Francisco de Sales – Vida, 15
Obras, 18
Prefácio de São Francisco de Sales, 23
Oração dedicatória, 31
PARTE I
Avisos e exercícios necessários para
conduzir uma alma, que começa a sentir os
primeiros desejos da vida devota, até possuir
uma vontade resoluta e sincera de abraçá-la
1. A natureza da devoção, 33
2. Propriedades e excelência da devoção, 38
3. A devoção é útil a todos os estados e
circunstâncias da vida, 42
4. Necessidade de um diretor espiritual para
entrar e progredir nos caminhos da devoção, 46
5. Necessidade de começar pela purificação da
alma, 50
6. Antes de tudo é necessário que a alma se
purifique dos pecados mortais, 547. Em seguida é necessário purificar a alma de
toda a afeição ao pecado, 56
8. Como alcançar este grau de pureza, 59
9. Meditação sobre a criação do homem, 61
10. Meditação sobre o fim do homem, 65
11. Meditação sobre os benefícios de Deus, 69
12. Meditação sobre os pecados, 73
13. Meditação sobre a morte, 76
14. Meditação sobre o último juízo, 80
15. Meditação sobre o inferno, 83
16. Meditação sobre o paraíso, 86
17. Meditação sobre uma alma que delibera a
escolha entre o céu e o inferno, 90
18. Meditação para deliberar entre a vida
mundana e a vida devota, 93
19. Espírito necessário para fazer bem a confissão
geral, 98
20. Protestação da alma a Deus para confirmar-se
numa resolução inabalável de servir-lhe e para
concluir os atos de penitência, 101
21. Conclusão de tudo o que fica dito sobre o
primeiro grau de pureza da alma, 10422. Necessidade de purificar a alma de todos os
afetos ao pecado venial, 106
23. Necessidade de purificar a alma das coisas
inúteis e perigosas, 110
24. Necessidade de purificar a alma mesmo das
imperfeições naturais, 112
PARTE II
Diversos avisos para elevar a alma a Deus
por meio da oração e da recepção
dos sacramentos
1. A necessidade da oração, 115
2. Breve método de meditação. Primeiro ponto da
preparação: pôr-se na presença de Deus, 120
3. Segundo ponto da preparação: a invocação, 125
4. Terceiro ponto da preparação: propor-se um
mistério, 126
5. Segunda parte da meditação: as
considerações, 128
6. Terceira parte da meditação: os afetos e as
resoluções, 129
7. A conclusão e o ramalhete espiritual, 131
8. Avisos utilíssimos acerca da meditação, 1329. A aridez espiritual na meditação, 136
10. A oração da manhã, 139
11. A oração da noite e o exame de consciência, 141
12. Do recolhimento, 143
13. As aspirações ou orações jaculatórias e os
bons pensamentos, 148
14. A santa missa e como se deve ouvi-la, 157
15. Outros exercícios públicos e comuns de
devoção, 161
16. Devemos honrar e invocar os santos, 163
17. Como se deve ouvir e ler a Palavra de
Deus, 166
18. Como se devem receber as inspirações, 168
19. A santa confissão, 172
20. A comunhão frequente, 178
21. Como se deve comungar, 183
PARTE III
Avisos necessários para a
prática das virtudes
1. A escolha das virtudes, 1892. Continuação das reflexões necessárias sobre a
escolha das virtudes, 197
3. A paciência, 204
4. A humildade nas ações exteriores, 211
5. A humildade interior é a mais perfeita, 216
6. A humildade nos faz amar a nossa própria
abjeção, 225
7. Modo de conservar a reputação juntamente
com o espírito de humildade, 231
8. A mansidão no trato com o próximo e os
remédios contra a cólera, 238
9. A mansidão para conosco, 245
10. Deve-se tratar dos negócios com muito
cuidado, mas sem inquietação nem ansiedade, 249
11. A obediência, 253
12. Necessidade da castidade, 257
13. Conselhos para conservar a castidade, 263
14. O espírito de pobreza unido à posse de
riquezas, 266
15. Modo de praticar a pobreza real,
permanecendo na posse das riquezas, 271
16. As riquezas de espírito no estado de
pobreza, 27817. A amizade em geral e suas espécies más, 281
18. As mais perigosas amizades, 284
19. As verdadeiras amizades, 291
20. Diferença das amizades vãs e verdadeiras, 296
21. Avisos e remédios contra as más amizades, 304
22. Outros avisos sobre as amizades, 306
23. Exercício de mortificação exterior, 310
24. A sociedade e a solidão, 319
25. A decência dos vestidos, 323
26. As conversas e, em primeiro lugar, como se há
de falar de Deus, 327
27. Honestidade das palavras e respeito que se deve
ao próximo, 329
28. Os juízos temerários, 332
29. A maledicência, 341
30. Alguns outros avisos acerca do falar, 350
31. Os divertimentos; em primeiro lugar os
honestos e lícitos, 353
32. Os jogos proibidos, 356
33. Os bailes e outros divertimentos permitidos,
mas perigosos, 358
34. Quando se pode jogar ou dançar, 36235. A fidelidade devida a Deus tanto nas coisas
pequenas como nas grandes, 363
36. Devemos ter um espírito justo e razoável, 368
37. Os desejos, 372
38. Avisos para os casados, 376
39. Da honestidade do leito conjugal, 388
40. Avisos para as viúvas, 395
41. Uma palavra sobre a virgindade, 404
PARTE IV
Avisos necessários contra

Avaliações do Produto

Dúvidas dos consumidores