Buscar

Meu Carrinho ()

Finalizar Compra Continuar Comprando

Opiniao publica

A burocratizacao, a impessoalidade das relacoes sociais na nova sociedade industrial e a complexidade dos problemas impedia que um individuo pudesse atuar ativa e conscientemente no cenario politico e social como propunha a teoria democratica. Predominava agora a influencia de grupos poderosos na administracao da opiniao publica. Neste novo ambiente, o que estava em jogo era o pseudoambiente, ou seja, as imagens criadas indiretamente pela acao da midia e do noticiario em nossos mapas mentais. Sao estas imagens estereotipadas da realidade que controlam os afetos e os rancores, e que determinam o humor do publico. E elas resultam menos da capacidade cognitiva do individuo e mais da manipulacao e administracao do consenso social pelas partes interessadas.

Adicionar ao carrinho

Calcule o frete e prazo de entrega.

Compartilhe:

Aproveite e Compre Junto

Detalhes do produto

Especificações

SumarioApresentacao (Prof.Dr. Antonio Hohlfeldt), 9
Prefacio (Jacques A. Wainberg), 11
Parte I. Introducao, 19
1. O mundo exterior e as imagens em nossas mentes, 21
Parte II. Abordagens ao mundo exterior, 43
2. Censura e privacidade, 45
3. Contato e oportunidade, 54
4. Tempo e atencao, 63
5. Velocidade, palavras e clareza, 69
Parte III. Estereotipos, 81
6. Estereotipos, 83
7. Os estereotipos como defesa, 96
8. Os pontos fracos e seus valores, 103
9. Os codigos e seus inimigos, 112
10. A descoberta dos estereotipos, 124
Parte IV. Interesses, 147
11. O recrutamento do interesse, 149
12. O interesse proprio reconsiderado, 158
Parte V. A criacao do interesse comum, 175
13. A transferencia do interesse, 177
14. Sim ou nao, 197
15. Os lideres e os liderados, 208
Parte VI. A imagem da democracia, 221
16. O homem egocentrico, 223
17. A comunidade autocontida, 231
18. O papel da forca, patronagem e privilegio, 241
19. A velha imagem numa nova forma: o socialismo
corporativo, 254
20. Uma nova imagem, 267
Parte VII. Jornais, 271
21. O publico consumidor, 273
22. O leitor habitual, 281
23. A natureza das noticias, 289
24. Noticias, verdade e uma conclusao, 304
Parte VIII. Inteligencia organizada, 311
25. A cunha introduzida, 313
26. Trabalho de inteligencia, 320
27. O apelo ao publico, 334
28. O apelo a razao, 344
ISBN8532637485
Dimensoes13.7cm x 21.0cm x 1.6cm
IdiomaPortugues
Edicao2
NrPaginas352

especificação

EditoraEditora Vozes
AutorWalter Lippmann
A burocratizacao, a impessoalidade das relacoes sociais na nova sociedade industrial e a complexidade dos problemas impedia que um individuo pudesse atuar ativa e conscientemente no cenario politico e social como propunha a teoria democratica. Predominava agora a influencia de grupos poderosos na administracao da opiniao publica. Neste novo ambiente, o que estava em jogo era o pseudoambiente, ou seja, as imagens criadas indiretamente pela acao da midia e do noticiario em nossos mapas mentais. Sao estas imagens estereotipadas da realidade que controlam os afetos e os rancores, e que determinam o humor do publico. E elas resultam menos da capacidade cognitiva do individuo e mais da manipulacao e administracao do consenso social pelas partes interessadas.

Avaliações do Produto

Dúvidas dos consumidores