Perdoa a ti mesmo - livrariavozes
Buscar

Meu Carrinho ()

Finalizar Compra Continuar Comprando

Perdoa a ti mesmo

O autor aborda o tema do perdão e sua relação com a felicidade pessoal e universal, mostrando que mesmo as questões sociais e políticas da sociedade podem ser mais facilmente resolvidas se estivermos felizes sem a autopunição. Anselm Grün considera o perdão como o primeiro passo para a reconciliação e a solução para os conflitos humanos, tanto individuais como sociais.

Ver mais informações

Por: R$ 40,00

Preço a vista: R$ 40,00

Comprar
Adicionar ao carrinho

Calcule o frete e prazo de entrega.

Calcule o valor do frete e prazo de entrega para a sua região

Compartilhe:

Aproveite e Compre Junto

Detalhes do produto

Resumo

Sumário

Ficha técnica

Especificações

SumarioIntroducao, 7
I. A mensagem biblica do perdao e da
reconciliacao, 11
O Deus misericordioso, 11
a) O perdao liberta, 14
b) O perdao sem limites, 17
Reconciliem-se com Deus, 20
a) A reconciliacao comeca
no pensamento, 23
b) Reconciliacao com meu inimigo
interior, 25
c) Subjugar o mal com imaginacao
e amor, 27
d) O amor ao inimigo, 30
II. A reconciliacao e o perdao na esfera
pessoal, 35
A reconciliacao consigo mesmo, 35
a) A reconciliacao com minha propria
historia de vida, 36
b) Aceitar a si mesmo, 39
A reconciliacao com o outro, 45
a) Os passos para a reconciliacao, 46
b) “Pai, perdoai-lhes, pois...”, 49
c) A confirmacao do perdao, 54
III. Reconciliacao na comunidade, 57
Seguir novos caminhos, 57
a) Matrimonio e familia, 58
b) Comunidades religiosas, 65
c) A comunidade interiorana, 68
d) A comunidade paroquial, 71
e) A reconciliacao em nossa sociedade, 74
f) A reconciliacao entre os povos, 80
IV. A missao da Igreja, 87
Mensageira da reconciliacao, 87
a) A linguagem reconciliatoria, 88
b) Rituais de reconciliacao, 90
O sacramento da reconciliacao – A confissao, 95
Historia da confissao, 96
a) A confissao de reconciliacao, 96
b) A confissao de devocao, 97
c) A confissao de orientacao espiritual, 98
A relacao com a culpa, 102
a) Sentimentos de culpa e a culpa, 103
b) A culpa como oportunidade, 106
c) O mal, 107
d) Nao se culpar, nem se desculpar, 109
e) A conversa libertadora, 110
f) Oferecer a Deus a minha verdade, 113
O sentido da confissao, 114
a) Demolir os muros que separam, 116
b) “Teus pecados serao perdoados”, 117
A forma concreta do ritual da confissao, 118
Epilogo, 123
Referencias, 125
ISBN9788532631251
Dimensoes13.7cm x 21.0cm x 1.0cm
IdiomaPortugues
Edicao10
NrPaginas128

especificação

AutorAnselm Grun,
EditoraEditora Vozes
Introdução, 7
I. A mensagem bíblica do perdão e da
reconciliação, 11
O Deus misericordioso, 11
a) O perdão liberta, 14
b) O perdão sem limites, 17
Reconciliem-se com Deus, 20
a) A reconciliação começa
no pensamento, 23
b) Reconciliação com meu inimigo
interior, 25
c) Subjugar o mal com imaginação
e amor, 27
d) O amor ao inimigo, 30
II. A reconciliação e o perdão na esfera
pessoal, 35
A reconciliação consigo mesmo, 35
a) A reconciliação com minha própria
história de vida, 36
b) Aceitar a si mesmo, 39
A reconciliação com o outro, 45
a) Os passos para a reconciliação, 46
b) “Pai, perdoai-lhes, pois...”, 49
c) A confirmação do perdão, 54
III. Reconciliação na comunidade, 57
Seguir novos caminhos, 57
a) Matrimônio e família, 58
b) Comunidades religiosas, 65
c) A comunidade interiorana, 68
d) A comunidade paroquial, 71
e) A reconciliação em nossa sociedade, 74
f) A reconciliação entre os povos, 80
IV. A missão da Igreja, 87
Mensageira da reconciliação, 87
a) A linguagem reconciliatória, 88
b) Rituais de reconciliação, 90
O sacramento da reconciliação – A confissão, 95
História da confissão, 96
a) A confissão de reconciliação, 96
b) A confissão de devoção, 97
c) A confissão de orientação espiritual, 98
A relação com a culpa, 102
a) Sentimentos de culpa e a culpa, 103
b) A culpa como oportunidade, 106
c) O mal, 107
d) Não se culpar, nem se desculpar, 109
e) A conversa libertadora, 110
f) Oferecer a Deus a minha verdade, 113
O sentido da confissão, 114
a) Demolir os muros que separam, 116
b) “Teus pecados serão perdoados”, 117
A forma concreta do ritual da confissão, 118
Epílogo, 123
Referências, 125

Avaliações do Produto

Dúvidas dos consumidores

Quem viu, viu também